Reg. Profissional: Ator e Iluminador n. 3606

Participou como ator dos espetáculos teatrais:
-“Os Mistérios do Sexo” dirigido por Toninho Vasconcelos, -“Muito Cacique para Pouco Índio” dirigido por Silvia Medeiros,
-“Esconderijos do Tempo” dirigido por Elena Quintana e Marco Fronquetti,
-“O Barão nas Árvores” dirigido por Roberto Oliveira,
-“O Clã Destino” dirigido por Marcelo Restóri,
-“Eu Passarinho” dirigido por Elena Quintana,
-“Es Lo Mismo Pero No Es Igual” peças dirigidas por Paulo Berton e Silvia Puentes,
-“Álbum do Desejo” dirigido por Marco Froncketi,
-“Bebê Bum” dirigido por Luis Henrique Palese.

Prêmios
-prêmio de melhor ator coadjuvante no III FESTIVALE
prêmio Tibicuera de melhor ator/1996 pelo espetáculo “Muito Cacique para Pouco Índio”
- melhor ator coadjuvante/1999 pelo espetáculo “Bebê Bum”.

Participações
Leituras dramáticas: “Álbum de Família”, “A Mãe” e “Tabataba”.
Participou de vários comerciais para televisão como para os Supermercados Zaffari (final de ano) e Telefônica Celular.
Trabalhou como iluminador nos espetáculos :
“O Equilibrista”, “Adoráveis Picaretas”, “A Gramática”, “O Clã Destino”, entre outros.
Dentro da área de iluminação também trabalhou como bolsista da Sala Qorpo Santo.
Foi responsável pela Oficina Teatral Infantil, financiada pelo CAPS/MEC junto à Faculdade de Educação da UFRGS.

É um dos fundadores da Oigalê Cooperativa de Artistas Teatrais (1999),
onde atuou no espetáculo “Cara Queimada” com direção de Arlete Cunha (2001/02), e nos espetáculos de rua “Deus e o Diabo na Terra de Miséria”, com direção de Hamilton Leite (99/2002),“Mboitatá, a Verdadeira História da Cobra de Fogo dos Pampas”, com direção coletiva (2001/02),
e “O Negrinho do Pastoreio”, direção de Sérgio Etchichury (2002).

Trabalhou como Produtor Cultural nos espetáculos “Muito Cacique Para Pouco Índio”,
“O Equilibrista”,
“Deus e o Diabo na Terra de Miséria”,
“Projeto Cultural Mockinpott 32 anos de Arena” (Prêmio Açorianos de Melhor Produção/1999),
“Cara Queimada”,
“Mboitatá, a Verdadeira História da Cobra de Fogo dos Pampas”,
e “O Negrinho do Pastoreio”.

Cursou durante dois anos a Faculdade de Artes Cênicas na UFRGS (Interpretação Teatral).